segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Thillaiyadi Valliammai (1898 - 1914)


Thillaiyadi Valliammai nasceu em Nagapattinam (Índia) a 22 de fevereiro de 1898 e destacou-se como ativista não-violenta contra a segregação racial e religiosa, tendo participado em várias manifestações com Mahatma Ghandi.
Os seus pais mudaram-se para Joanesburgo (África do Sul) ainda Thillaiyadi era bebé sendo que ela cresceu num ambiente bastante hostil onde a segregação racial imperava. Contudo, só na adolescência é que ela se começou a aperceber do quanto era errada a discriminação racial e religiosa.
Aquando das manifestações de outubro de 1913, contra a Lei do Matrimónio (que impunha que todos os casamentos que não se realizassem em igreja católica não eram reconhecidos como tal) que não haviam sido autorizadas pelo estado Thillaiyad foi presa e condenada a três meses de trabalhos forçados.
Na prisão adoeceu sendo que recebeu a oferta de ser libertada mais cedo desde que se arrepende-se do seu crime. Na sequência desses acontecimentos Mahatma Ghandi visitou e registou a sua conversa com ela
Quando a visitei ela já estava confinada à sua cama sendo que o seu corpo magro era uma coisa terrível de se ver.
- Não está arrependida após esta prisão?
- Arrependida? Não, mesmo agora estou disposta a ser presa novamente.
- E se isso resultar na tua morta?
- Não me importo. Quem não gostaria de poder morrer pela pátria que ama?
Thillaiyadi Valliammai morreu a 22 de fevereiro de 1914 em Pietermaritzburg (África do Sul) com 16 anos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Outras mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...