sexta-feira, 2 de maio de 2014

Fernão Mendes Pinto (400 anos da 1.ª edição Peregrinação)

Selos colocados em circulação a 24/02/2014

Fernão Mendes Pinto nasceu em Montemor-o-Velho, talvez em 1510, e morreu em Almada, supostamente a 8 de julho de 1583.

Em 2014 perfaz-se quatrocentos anos desde a primeira edição de Peregrinação, magistral relato de uma longa viagem ao Oriente que valeu a imortalidade a «um herói feito de carne humana», Fernão Mendes Pinto (1510 - 1583).
Os desígnios da história encarregar-se-iam de consagrar como obra-prima da literatura universal este extraordinário livro autobiográfico escrito por um grande viajante português do século XVI que foi aventureiro, mercador, embaixador, mercenário, esmolante, marinheiro e pirata. E ainda «treze vezes cativo e dezassete vendido(...)».
Ao longo de 266 capítulos povoados de emoção e aventura, o autor descreve num tom fresco, espontâneo, coloquial, as impressões de um europeu em contacto com a civilização asiática, as suas gentes, tradições, cultos, paisagens. Paralelamente, dá a conhecer a acção dos portugueses no Oriente, não raras vezes perpassando ao leitor apontamentos de crítica e de sátira
Título primordial do género «literatura de viagens», Peregrinação distingue-se pelo espírito picaresco que atravessa toda a obra, patente numa clara inversão do estilo heróico. Há quem lhe chame uma anti-epopeia. Mostrando «que misérias compõem um homem», as personagens surgem desnudadas nas suas fraquezas e medos.

 
Bloco

Sem comentários:

Enviar um comentário

Outras mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...