quinta-feira, 9 de março de 2017

Américo Vespúcio (1454 - 1512)

Inteiro postal circulado de Lisboa para Estoi obliterado com carimbo comemorativo alusivo aos 500 anos da morte de Américo Vespúcio

Américo Vespúcio nasceu em Florença a 9 de março de 1454 e destacou-se como mercador, navegador, geógrafo, cosmógrafo italiano e explorador de oceanos ao serviço do Reino de Portugal e de Espanha que viajou pelo, então, Novo Mundo, escrevendo sobre estas terras a ocidente da Europa.
Vespúcio foi uma das primeiras pessoas a referir que o Novo Mundo não era a Ásia.
Como representante de armadores florentinos, o mercador e navegador Vespúcio encarregou-se em Sevilha do aprovisionamento de navios para a segunda e a terceira viagens de Cristóvão Colombo.
Supõe-se que tenha participado de incursões pelo Atlântico desde 1497. Em meados de 1499 passou ao largo da costa norte da América do Sul, acima do rio Orinoco, como integrante da expedição espanhola de Alonso de Ojeda, a caminho das Índias Ocidentais.
A convite do rei Manuel I de Portugal, Vespucci participou como observador em várias viagens que exploraram a costa leste da América do Sul entre 1499 e 1502. Na primeira destas viagens ele estava a bordo do navio que descobriram que a América do Sul se estendia muito mais ao sul do que se pensava.
Ele morreu em 22 de fevereiro de 1512 em Sevilha (Espanha) e foi enterrado no jazigo da família Vespucci, na Igreja de Ognissanti em Florença,

quarta-feira, 1 de março de 2017

Ruy de Carvalho


Ruy Alberto Rebelo Pires de Carvalho, nasceu em Lisboa a 1 de março de 1927 e destacou-se como ator.
Iniciou-se no teatro, como amador, em 1942, no Grupo da Mocidade Portuguesa, com a peça O Jogo para o Natal de Cristo, com encenação de Ribeirinho. Estreou-se profissionalmente, em 1947, no Teatro Nacional (Companhia Rey Colaço/Robles Monteiro), na comédia Rapazes de Hoje, de Roger Ferdinand. No cinema, estreou-se em 1951 e na televisão em 1957.
Ruy de Carvalho recebeu Prémios de Imprensa para o Teatro; Prémios de Imprensa para o cinema; Prémios da Crítica Especializada; em 1998, é galardoado com o Globo de Ouro para a Personalidade do ano; foi galardoado com o Prémio Luís de Camões da Universidade Lusíada, o Prémio Byssainha da Fundação Byssaia Barreto; em 1999, é galardoado com o Globo de Ouro de Melhor Actor.
Em termos de condecorações em 1990 foi-lhe atribuída a Medalha de Mérito Cultural; em 1993 foi agraciado com o grau de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique; em 1998 com o grau de Comendador da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada; em 2010 é elevado a Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada; em 2012 foi elevado a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.

Outras mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...